Canal Rural aumenta em 51% a realização de leilões virtuais de animais durante a pandemia
Canal Rural aumenta em 51% a realização de leilões virtuais de animais durante a pandemia

Foram 218 eventos realizados pela emissora, entre janeiro e junho, no formato eletrônico

 

A pandemia do novo coronavírus e as medidas de isolamento social adotadas em todo o mundo transformaram muitos segmentos e modelos de negócios. O segmento de leilões de animais não foge à regra. E a solução passa pelas possibilidades proporcionadas pelo ambiente digital. Nesse sentido, o Canal Rural se mobilizou para realizar mais de 200 transmissões, entre janeiro e junho, com aumento de 51% nessa atividade em relação ao mesmo período do ano passado. O formato virtual desempenhou papel importante para manter a comercialização dos animais de norte a sul do País, evitando prejuízos aos criadores.

Para Plínio Queiroz, diretor de Pecuária do Canal Rural, a procura por esse tipo de operação já era crescente e se intensificou com a quarentena. “O setor da pecuária foi um dos poucos a manter crescimento durante a crise provocada pela Covid-19. Cerca de 90% dos leilões originalmente presenciais promovidos pela emissora foram mantidos com a transição para o modelo virtual. Isso demonstra a funcionalidade e o sucesso da nossa plataforma, que ainda permite até 50% de redução nos custos para realização de cada leilão”, explica.

Com a vantagem de atingir um número maior de pessoas, a tendência de crescimento dos leilões virtuais deve continuar mesmo após o período da quarentena. “Além da vantagem econômica, garantimos maior abrangência com transmissões multiplataforma, atingindo a audiência de pessoas em todo o Brasil e no mundo”, enfatiza o diretor.

Pioneirismo – O Canal Rural organiza e transmite leilões nos segmentos de bovinos, equinos, asininos e muares há 20 anos. E, desde 2002, criou os leilões virtuais, fazendo a primeira transmissão de um evento 100% virtual na TV brasileira. Desde então, a plataforma de comunicação vem investindo no formato, garantindo a segurança das transmissões. Prova disso, é o aplicativo Lance Rural, que oferece diversas facilidades ao comprador, incluindo catálogos, vídeos dos animais e link direto com as empresas leiloeiras. Com a força da internet, os leilões de animais ganharam ainda mais abrangência, eficiência e rentabilidade. “Estamos há duas décadas contribuindo para que pecuaristas de todo o Brasil façam bons negócios. São mais de 2,5 mil horas de transmissões no ano, com movimentação aproximada de R$ 1 bilhão em leilões transmitidos pelo Canal Rural”, finaliza Queiroz.

Veja mais Notícias
Clientes Atuais